Saiba quando o mau hálito significa encrenca

23/05/2013 18:34

 

Novas tecnologias mostram que certos odores desagradáveis exalados pela boca são sinais de problemas sérios - de câncer a insuficiência cardíaca. Saiba quando o mau cheiro costuma significar doença

Baseado na impressionante capacidade de faro dos cães a invenção do engenheiro químico Hossam Haicki, do Instituto de Tecnologia de Israel, foi a de criar um aparelho capaz de detectar doenças pelo hálito. Em seu estudo mais recente, descobriu-se que seu "bafômetro" pode revelar um câncer de estômago com apenas algumas soprada. O teste detecta um grupo específico de moléculas voláteis presentes no hálito, que são muito delicadas e evaporam facilmente. Todas as células do corpo, saudáveis ou cancerosas, emitem diferentes partículas para o sangue, o desafio é criar maneiras para identifica-las e usa-las como boas pistas de que algo não vai bem.
A novidade ganha importância pela dificuldade de flagrar precocemente , doenças, como o câncer de estômago. Para detectar tumores ali, os médicos recorrem a endoscopias e biópsias, métodos caros e invasivos. Portanto, a estratégia desses novos aparelhos é limiar o grupo que vai precisar de endoscopia, exame complexo do ponto de vista de saúde pública.
Enquanto os estrangeiros buscam formas mais ligeiras e econômicas de detectar tumores, cientistas brasileiros investem em aparelhos para checar o coração. A parceria da USP com o INCOR aceitaram o desafio de conceber um aparelho com a capacidade de apontar, por meio do hálito, descompensações no músculo cardíaco. É um dispositivo fácil de manusear que pode ser levado a campo sem precisar de muitos recursos. Feito com materiais simples, exige que o paciente assopre o bocal de um recipiente de vidro até inflar um saco plástico. O matéria é levado para o laboratório. A água que preenche o fundo do vasilhame, passa por uma análise. A presença de acetona ,sinal de insuficiência cardíaca,é detectada nesse momento. Para conseguir funcionar, o coração doente quebra alguns ácidos graxos a fim de obter energia, processo que libera acetona para a circulação. No momento se busca parcerias comerciais, para viabilizar a produçãode dispositivos,  que poderá ser utilizado nos consultórios e até em casa.


Saiba que:

Cerca de 90% das ocorrências de mau hálito são provocados por problemas bucais mesmo. Os casos de periodontite e gengivite são os mais comuns, já que estão relacionados à falta de higiene bucal.
Quando o odor perene vem de outros cantos, é extensa a lista de possibilidades:
doenças do fígado, insuficiência renal, diabete,sinusite...Nem sempre é fácil encontrar rapidamente o que está por trás. No caso de alterações hepáticas, é comum sentir um cheiro de terra molhada ou peixe. Pois é, não faltam motivos para alertar -discretamente- aquele amigo que tem halitóse. Não é exagero: a vida dele pode depender disso.

Revista Saúde

spiratininga


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!