Quer levantar o astral? Abacate!

05/03/2014 18:48




Arqueólogos afirmam que a origem do abacate data em torno de 7000 a 5000 a.c., onde hoje se localiza o México, que também é o principal produtor mundial. De lá para cá o alimento vem beneficiando a dieta dos homens por ser rico emácido  fólico, vitaminas do complexo B, ferro, magnésio, vitamina C , vitamina E, e lítio. Esses nutrientes auxiliam na produção de seretonina e no combate aos radicais livres, protegendo os circuitos do prazer. " O abacate promove um melhor funcionamento do sistema nervoso, melhorando o humor e a disposição, diminui a ansiedade da vontade de comer doce" , define Gabriela Passoni.

É bastante usado em casos de depressão graças ao seu alto nível de potássio e de lítio - sua deficiência pode levar a diferentes doenças, alterações de comportamento e ansiedade. Ajuda a garantir um boa noite de sono, o que contribui para uma melhora da saúde e do humor. O abacate possui uma grande quantidade de antioxidante e contém uma substância única, o beta - sitosterol, que é um potente anti- inflamatório, cuja atividade é modular o sistema imunológico, reforçando o organismo no combate a fungos, bactérias e vírus mediante sua ação positiva no aumento da proliferação e das nossas células de defesa. Sua ação ajuda a equilibrar o funcionamento do fígado e acalma o sistema nervoso.

Também é rico em luteína, um nutriente que protege contra catarata, a degeneração macular do câncer de próstata. E vitamina E, um poderoso antioxidante que desacelera o envelhecimento, protege contra doenças cardíacas e vários tipos de câncer.


Modo de usar: consumir abacate cerca de três vezes por semana. Pode ser batido com outras frutas, água , leite ou acrescentando diretamente a outros alimentos.



Sim, quem diria? Ela ajuda a emagrecer


A fama de que o abacate é calórico , é injusta. Isso porque 85% dessas calorias provêm de gorduras, mas de um dos tipos mais saudáveis que existem, a monoinsaturada. A capacidade de reduzir o colesterol foi testada em uma pesquisa realizada pela Faculdade de   Engenharia de Alimentos da Unicamp (SP) que concluiu que, além de melhorar o bom colesterol, a fruta reduz os níveis de triglicérides. Sabe-se que essa gordura reduz as taxas de colesterol, evita o ganho de peso por neutralizar os efeitos nocivos do cortisol, hormônio liberado em situações de estresse e que estimula o corpo a estocar gordura.



Fonte: VivaSaúde





Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!