Minutos de Sabedoria

03/08/2012 14:47

 

Deus, Pai de infinita bondade!

Diante das disfunções e distúrbios aos qual meu corpo se submete, ensina-me a compreender as lições desta hora para que eu possa libertar-me.  Ante a impossibilidade temporária de conviver com cem por cento de minha saúde física e mental, aponta-me as alternativas mais adequadas para melhor aprender com meus próprios enganos e ilusões. Quantas vezes venho sobrecarregando-o a constrangimento de emoções em desperdício e subjugando-o a constrangimentos de vários matizes? Hoje começo a conhecê-lo melhor em sua importância e finalidade. Diante de ti, ensina-me neste instante um só sentimento: gratidão.Em lamentável abandono desejo reconduzi-lo aos caminhos da harmonia, mas sei que preciso sintonizar a minha alma com a realidade de cada momento presente.Perdoe-me a indiferença e a sobrecarga de trabalho.

Meu templo, minha casa, meu mundo, meu abrigo. Juntos, como parceiros temporariamente inseparáveis, haveremos de nos dar bem. Aprendendo a amá-lo, estou aprendendo a amar a mim mesmo e, amando a mim mesmo, aprendo a respeitar os corpos e as almas alheias, pois cada uma delas representa um retrato vivo e alegre da obra de Deus na vida que somos todos nós.

Seguindo juntos nessa incrível descoberta de que viver é um prazer, peço a ti, meu Deus, que a graça e a ventura de ser e existir possa continuar comigo agora e sempre.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!